E-commerces encerram semestre com alta de 12% | Share Hunter

E-commerces encerram semestre com alta de 12%


Artigo Rodrigo Mu
Mesmo em um ano difícil de eleições, paralisações e Copa do Mundo, o mercado virtual continua aquecido. Isso é o que aponta o último relatório de pesquisa realizado pelo Instituto Nielsen e compartilhado em seu portal. 

Relatório Webshoppers 38 aponta um crescimento expressivo de 12% de faturamento no primeiro semestre de 2018. Com um importante acréscimo no ticket médio (R$433) e nas compras realizadas por dispositivos móveis (32%), o mercado eletrônico alcançou a impressionante marca de R$53,4 bilhões por ano. O crescimento se dá por diversos motivos, desde o grande investimento de grandes players do mercado como Magazine Luiza, Fast Shop e Lojas Colombo em seus e-commerces, quanto no crescimento de pequenos negócios locais que vendem para todo o Brasil. 

Clique aqui e acesse o relatório completo 
Importante ressaltar o crescimento do M-Commerce, ou compras por dispositivos móveis (smartphones). Impulsionado pelo crescimento do acesso à internet via mobile, a venda por aplicativos lojas virtuais responsivas já representam uma fatia importante no total de vendas no mercado eletrônico. Evidenciando, ainda mais, a importância do desenvolvimento de sites responsivos ou aplicativos dedicados da sua empresa. 

Clique e entenda qual a importância do seu site ser responsivo 

Na Share Hunter, trabalhamos com o desenvolvimento de lojas virtuais (e-commerces) e aplicativos para a sua empresa se encaixar nesta Era Digital que estamos vivendo. Com uma equipe multifuncional de programadores, designers, publicitários e administradores, trabalhamos para entregar soluções completas e adaptadas para que os nossos clientes extraiam o máximo de cada projeto que nos envolvam. 

Caso você esteja pensando em se aventurar no Mercado Eletrônico ou investir em uma virada no seu modelo de negócios ("pivotar"), preparamos 3 dicas fundamentais para você iniciar o seu projeto: 

1 - Faça um Planejamento Escrito

Coloque no papel todas as etapas, produtos e processos antes de iniciar o seu projeto. Neste ponto, é importante avaliar bem seus investimentos, alguns mercados não necessitam de lojas físicas para iniciarem seus negócios, o que facilita e reduz custos no início. 

Este documento pode ser dividido em duas partes importantes: estrutura e marketing digital. 

Na primeira parte, procure descrever todos os seus planos de produtos, estoque, áreas de atuação e valores de investimento, além de uma descrição detalhada do seu processo de logística. Na segunda parte do documento, diversas ferramentas e técnicas estão ao seu dispor para desenvolver seu planejamento em marketing digital. Não estamos dizendo que você precisa ser um craque em Marketing Digital para iniciar uma loja virtual, porém é importante conhecer os 8 P's do seu negócio, são eles: Produto, Preço, Praça, Promoção, Pessoas, Processos, Posicionamento e Performance. 

Outra técnica importante neste momento de preparação é o Canvas. Muito utilizado para a criação de Startups e reconhecido por ser a metodologia utilizada pelo Google, o Canvas cria um mapa de toda a sua empresa. Substituindo, muitas vezes, o antigo Plano de Negócios por ser uma ferramenta mais prática e mutável. 

2 - Estude Muito a Plataforma de E-commerce

Existem diversas preocupações que devem ser levantadas na hora de escolher uma plataforma de e-commerce ou optar pelo desenvolvimento personalizado da sua loja. 

A primeira que deve ser notada é a integração com outras ferramentas: a plataforma integra com seu sistema ERP ou de Controle de Estoque? Ela emite Nota Fiscal? Como funciona a Integração com as plataformas de Marketing Digital (Analytics, Adwords, etc)? 

Já a segunda preocupação deve ser financeira: como é a cobrança pela plataforma e qual o método ideal para o meu negócio? Em lojas virtuais baseadas em Plataformas pré-existentes, encontramos dois métodos principais, as cobranças por faixa de faturamento ou por transação realizada. Neste ponto, é importante avaliar qual a maneira ideal para o SEU negócio, não acreditando em soluções pré-moldadas encontradas em sites diversos. 

O desenvolvimento de uma plataforma personalizada é uma alternativa forte por se adaptar a realidade do seu negócio. Criando as integrações necessárias, aproveitando os processos que você já possui e reduzindo custos no longo prazo

3 - Estruture e Organize a Logística

A última dica que damos é atentar a logística do seu negócio.
A logística é a parte mais difícil para manter um negócio digital de "portas abertas". Atente que, quando falo de logística, não me refiro apenas a entrega, mas a todo o processo logístico de produção, estoque, venda, entrega e pós-venda

Algumas perguntas que você deve se fazer nesta estruturação: qual a capacidade que eu tenho de produzir por mês? Esta capacidade é suficiente para manter minha estrutura? Onde irei estocar meus produtos? Este local não irá danificar ou estragar meu produto (atenção em dobro para alimentos e perecíveis)? Como será o atendimento aos clientes (telefone, e-mail, whatsapp)? Como será a embalagem do meu produto? Ela garante uma entrega impecável? A entrega será realizada pelos Correios ou por Transportadoras? Como irei interagir com meus clientes no pós-venda

Leia como um CRM pode ajudar na Fidelização de Clientes 

Agora, se você estiver pensando em iniciar uma nova empresa ou levar o seu negócio para o digital, você pode contar com a expertise da Share Hunter! Implementamos e desenvolvemos soluções completas para a sua empresa no ramo digital. Entre em contato clicando  aqui

E mais, desenvolvemos um artigo especial com dicas para tirar seu projeto do papel. Acesse!

Tendência UX E-commerce Mobile

Rodrigo Mu

Marketing Digital

Analista de Marketing Digital na Share Hunter. Graduado em Publicidade e Propaganda pela PUCRS, trabalha há 6 anos com Marketing e Brand Content.


Inscreva-se em nossa newsletter e não perca nenhum post ou novidade Quero me inscrever!

Entre em contato com nossos Especialistas